Home
MATÉRIA ESPECIAL - Saneamento
MEIO AMBIENTE
Notícias / Comportamento
Notícias / Extra
Promoção Caneca "É Com Você"
SEGURANÇA DO TRABALHO
Saúde Ocupacional - Exposição ao Sol
URBANIDADE
EDITORIAL
NOTÍCIAS E INFORMAÇÕES
Comentário em Destaque
LEGISLAÇÃO
PERFIL
GALERIA DE FOTOS
CARTILHAS
Promoções
MATÉRIA ESPECIAL
Arquivos
Artigos Anteriores
Documentos de Orientação Básica (DOB)
Editoriais anteriores
Mensagens
Vídeos Motivacionais
Painel de Comentários
Fale Conosco
 
Arquivos
Ricardo Ribeiro

Construção Civil

21/11/12
Poluição do Ar na Construção Civil: implicações e sugestões.

(publicado em 21/11/12) - (clique nas fotos, figuras e gráficos p/ ampliá-los!)
 

Poluição do Ar na Construção Civil: implicações e sugestões.

 
 

Caro Leitor (a), é fato que as construtoras estão cada vez mais preocupadas com o Meio Ambiente.

O Governo, o Sindicato da Indústria da Construção Civil (SINDUSCON) e as Construtoras trabalham ativamente para estabelecer regulamentos, que visam à proteção ao Meio Ambiente tratando dos resíduos gerados nas obras, bem como sua correta destinação ou  reaproveitamento (reciclagem).

Mas, as atenções estão voltadas para o que acontece no interior da obra, esquecendo que o Meio Ambiente é dinâmico e possui múltiplas interações, isto é, as questões ambientais não possuem fronteiras.

Quando se fala em Controle Ambiental na Construção Civil, devem-se analisar todas as interfaces desta, principalmente as externas.

A Construtora responsável pela obra deve analisar as possíveis interferências que a obra pode causar, adotando as medidas mitigadoras.

Vejam os exemplos abaixo:
 

 
 

  
Veja agora algumas das consequências que essas obras provocam:
 

 
 

 
Observamos, que esse tipo de conduta lesiva ao ordenamento urbano, bem como ao Meio Ambiente, deve ser objeto de análise das construtoras com objetivo de implantar procedimentos específicos, para mitigar o impacto ambiental das suas atividades.

 

As situações acima apresentadas são obras de duas construtoras renomadas no mercado e recebem prêmios como empresas ambientalmente responsáveis.

 

Veja o que diz a Lei em relação à Poluição do Ar.

 

  

O Material Particulado (MP) em suspensão pode afetar a saúde das pessoas, especialmente, quando a umidade relativa do ar está abaixo de 60% conforme recomendação da OMS.

 

Segundo recomendação da World Health Organization (WHO) – Organização Mundial da Saúde – OMS –  (veja infográfico abaixo), o tempo de exposição e a concentração do MP são fatores determinantes na qualidade do ar que respiramos.  Embora os efeitos provocados pelo MP na saúde humana sejam muito diversificados, sabe-se que ocorrem, principalmente, nos sistemas respiratório e cardiovascular.
 

 
No Brasil, a Resolução CONAMA nº 3/1990, estabelece padrões de qualidade de Ar muito acima dos recomendados pela OMS. Portanto, nesse caso, o mais adequado é adotar os padrões da OMS.
 

Uma sugestão para o Controle Ambiental na Construção Civil é apresentada abaixo:

 

 
É óbvio que existirão diversos modelos de contenção, cabendo à construtora desenvolver e adotar o melhor modelo às suas necessidades.

Por outro lado, além dos problemas da poluição atmosférica temos os problemas relacionados ao trânsito no entrono da obra em andamento, tais como a lentidão no tráfego e os aspectos de segurança viária.

Os aspectos de segurança viária também foram demonstrados nos registros fotográficos no início deste artigo.

Veja o que diz o Código Brasileiro de Trânsito (CTB) com relação à interferência provocada nas vias públicas.
 

 
Em ambos exemplos acima mencionados, não constatamos NENHUMA SINALIZAÇÃO DE ALERTA nas vias públicas.
 

 

Responsabilidade socioambiental não se resume a um certificado, é preciso fazer com que suas ações alcancem os objetivos da ordem pública e preservação ambiental.

Caro Leitor (a), nosso objetivo é lhe fornecer mais subsídios para que, sempre que VOCÊ se deparar com uma situação semelhante a que discutimos aqui, reclame junto aos órgãos públicos do seu município.

Infelizmente, não podemos contar com a fiscalização das Prefeituras, pois ela é muito precária!

Agora, É Com Você!

Abraços,

Engº Ricardo Ribeiro.

Canal Direto
Nome
E-mail
Cidade
Estado
Digite o código acima: